Conecte-se conosco

JAÚ

Prefeito encaminha projeto autorizando instalação de ‘parklets’ em Jaú

Foto: Divulgação

Atendendo a pedido do vereador e presidente da Câmara de Jaú, José Carlos Borgo (PDT), o prefeito Rafael Agostini (PSB) encaminha para a sessão ordinária desta segunda-feira, dia 10, o projeto de lei do Executivo, nº 01/2020, autorizando a instalação e o uso de extensão temporária de passeio público, denominada “parklet”, neste Município.

A solicitação foi feita por Borgo, por meio do requerimento nº 733/2019, “visando ao aprimoramento de políticas públicas”, tendo em vista que a cidade de Jaú conquistou, recentemente, o título de Município de Interesse Turístico (MIT), e apresenta movimentação turística principalmente voltada ao turismo de negócios e compras.

De acordo com o vereador Borgo, “a implantação de ‘parklets’ nesta cidade busca atrair clientes em comércios e promover uma maior interação social entre os cidadãos. Além disso, os ‘parklets’, dão vida à cidade, aos percursos do nosso dia a dia, criando espaços bonitos e agradáveis”.

Ainda segundo o legislador, esses equipamentos “são feitos de materiais sustentáveis e sua montagem/desmontagem é fácil e rápida, por possuir componentes modulares e pré-fabricados, que apenas são levados e fixados no local. Sendo assim, não atrapalham o tráfego ou poluem o ambiente com lixos e entulhos. Trazem a essência da cidade em um pequeno espaço, que pode servir para uma pausa, para um descanso, para encontrar um amigo, ler um livro…”.

Os ‘parklets’ surgiram em São Francisco, nos EUA, em 2005, com o objetivo de gerar uma discussão sobre a igualdade do uso do solo. No Brasil, o conceito surgiu em 2012 e o primeiro ‘parklet’ foi instalado no ano seguinte. Em síntese, são minipraças que ocupam o lugar de uma ou duas vagas de estacionamento em vias públicas. São uma extensão da calçada que funcionam como um espaço público de lazer e convivência para qualquer um que passar por ali. Podem possuir bancos, mesas, palcos, floreiras, lixeiras, paraciclos, entre outros elementos de conforto e lazer. Assim, enquanto duas vagas de estacionamento na rua são utilizadas por 40 pessoas por dia, um ‘parklet’ atende 300 pessoas neste mesmo período, melhorando a convivência de todos e promovendo o uso do solo de maneira democrática, não somente voltado para automóveis. Uma pesquisa realizada em Nova York divulgou que sua instalação em frente a comércios gerou um aumento de 14% no consumo destes.

Atualmente, a cidade de São Paulo conta com 130 parklets instalados. Em Brotas, os ‘parklets’ foram regulamentados e instalados nas áreas comerciais no ano de 2015, e proporciona aos munícipes e aos visitantes um espaço fomentando a economia daquele município.

JAÚ

Programa “Apolônias do Bem” é concluído em Jaú

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres e Centro de Referência e Atenção à Mulher (Casa Rosa) “Dra. Maria Antonia Sinatura Barros”, concluiu o Programa “Apolônias do Bem”, que oferece tratamento odontológico integral e gratuito à mulheres que vivenciaram situações de violência e tiveram a dentição afetada durante as agressões.

“Esse não é um projeto sazonal, é uma Política Pública que foi implantada em Jahu, tratando da autoestima por meio da restauração do sorriso das participantes, contribuindo, assim, para que elas se sintam melhores e tenham melhores oportunidades no mercado de trabalho. Enfim, esse é um projeto que vejo agregar ainda mais ao plano de empoderamento feminino desenvolvido pela nossa pasta”, pontua a secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Cândida Ferreira.

O Programa “Apolônias do Bem” é desenvolvido desde 2012 pela “Turma do Bem (TdB)”, e já garantiu atendimento a 600 mulheres de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. A triagem é realizada pela equipe da TdB, por casas de apoio ou organizações sociais, como a Casa Rosa, Tribunais de Justiça ou Comissões Especializadas dos Tribunais. São priorizadas as mulheres com problemas odontológicos mais graves e OHIP mais alto, que sustentam a família e retomaram os estudos ou estão fazendo cursos de capacitação profissional. Os tratamentos são oferecidos por meio de uma rede de dentistas voluntários, que realizam todos os procedimentos que as mulheres necessitarem, independentemente da complexidade apresentada.

Em Jahu, a parceira da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres e do Centro de Referência e Atenção à Mulher (Casa Rosa) “Dra. Maria Antonia Sinatura Barros” foi a dentista Fernanda Esteves. Formada na UNESP de Araçatuba em 2014, a dentista trabalhou em São Paulo, Sorocaba e Limeira antes de empreender em sua cidade natal (Jahu) em 2016. Participou de vários cursos de atualizações e congressos odontológicos, pois acredita que é necessário estar totalmente por dentro dos mais modernos estudos e evidências para oferecer o melhor para seus pacientes e amigos. “Resolvi participar do voluntariado quando recebi a proposta da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres e da Casa Rosa no projeto “Apolônias do Bem”. A história de cada uma das mulheres era marcada por muitos sofrimentos e  necessidade de uma mudança de vida. Todas relataram que a falta dos dentes era um fator limitante na felicidade e bem-estar social”, diz Fernanda.

O projeto transformou a vida das participantes. “Três mulheres foram selecionadas, e em cada uma foi feita a devolução do seu sorriso e a notável melhora na forma como elas lidaram com a busca por emprego. Todas chegaram a se emocionar ao ver o sorriso novo em seus rostos. Foi gratificante demais. Agradeço a oportunidade de poder devolver para a sociedade um pouco do que há de mais lindo no ser humano: o sorriso”, acrescenta a dentista.

“Uma ótima parceria, pois me deu uma grande autoestima, me deu forças para não desistir, pois nunca é tarde”, afirma Monica Michele Verissimo, uma das participantes do “Apolônias do Bem” em Jahu.

 

“Em minha opinião, foi uma ótima parceria, pois desenvolveu minha autoestima e me deu forças para passar por certas situações, pois a aparência é tudo. Só tenho a agradecer a todos que participaram, em especial à Casa Rosa, à “Apolônias do Bem” e à doutora Fernanda Esteves. Todos me deram muita segurança. Obrigada a todos”, agradece Ana Keila Casale, que também participou do programa.

Continue lendo

JAÚ

Policlínica Residencial Bernardi começa a funcionar na segunda-feira

Policlínica Residencial Bernardi “Ricardo Cesarino Brandão” (prédio da UPA) entra em funcionamento - Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Saúde, informa que na próxima segunda-feira (17/08) a Policlínica Residencial Bernardi “Ricardo Cesarino Brandão” (prédio da UPA) entra em funcionamento.

 

A sede, localizada à Rua Dirce Bernardi Pena, 35, no Residencial Bernardi, tem um total de área construída de 1.283,48m², e conta com terreno de 4.754,18m². Foram investidos R$ 4.355.538,63, sendo R$ 2.000.000,00 de repasse do Ministério da Saúde e o restante com recursos próprios.

 

De segunda à sexta-feira, no período das 7h às 17h, o local funciona como unidade básica de saúde (UBS), e das 17h às 20h como Pronto Atendimento. Já aos finais de semana e feriados, a Policlínica atende das 8h às 12h. O espaço conta com área externa coberta, área de recepção e espera para público, sanitário de pacientes feminino, sanitário de pacientes masculino, sanitário de pacientes infantil/fraldário, sanitários para pessoas com necessidades especiais, sala de exames e consultório, depósito de material de limpeza, área externa para desembarque de ambulância (coberta), sala de suturas e curativos, sala de vacina, sala de inalação, sala de aplicação de medicamentos / reidratação, sala de coleta de amostras para laboratório, posto de enfermagem e prescrição médica, sala de observação adulto feminina, sala de observação adulto masculina, sala de observação infantil, área de dispensação de medicamentos, área para armazenamento e controle de materiais, almoxarifado, sala de armazenagem de roupas limpas, sala de guarda de roupa suja, sala de armazenamento temporário de resíduos, abrigo externo de resíduos comuns/recicláveis, abrigo externo de resíduos químicos/biológicos e perfurocortantes, estacionamento para motos, funcionários, pacientes idosos, pacientes com necessidades especiais e ambulâncias.

 

“A Policlínica Residencial Bernardi terá uma ambulância à disposição na entrada. Além disso, estará informatizada, assim como as demais UBS que estão em processo de informatização. Além disso, para facilitar o acesso da população dessa grande região da cidade a esse novo equipamento público, a Prefeitura concluiu o prolongamento da Avenida Arminda Victória Furlani Bernardi até o prédio da Policlínica. Uma obra a bastante tempo reivindicada por toda população dessa região”, reforça o prefeito Rafael Agostini.

 

Nesse local, os jauenses terão atendimento médico e de enfermagem, além de outros procedimentos básicos e de baixa complexidade, como, por exemplo, inalação, suturas, vacinas, consultas e retiradas de medicamentos. Caso ocorra aumento de demanda, o horário poderá ser estendido. Futuramente, quando ocorrer a readequação da finalidade do prédio pelo Ministério da Saúde, poderão funcionar no local as especialidades que atualmente são ofertadas à população no antigo prédio do São Judas e outros serviços que, no momento, funcionam em prédios alugados, centralizando o atendimento.

Continue lendo

JAÚ

Corpo de secretário será cremado em Bauru

Corpo de Duda Abussamra será cremado em Bauru / Foto: Reprodução Facebook

O corpo do secretário do Meio-Ambiente da Prefeitura de Jaú, Elísio Eduardo Henriques Abussamra, o Duda, será cremado nesta 6ª feira (14), em Bauru. O velório seguiu até a manhã de hoje  no Serviço de Luto Paulista, Av. Frederico Ozanan, e dalí seguiu para o Crematório Jardim dos Lírios em Bauru. No local, segundo informação do serviço, o corpo aguarda 48 h e só depois é cremado; a cerimônia de despedida dos familiares foi feita em Jaú e não haverá cerimônia no crematório.

Duda tinha 53 anos e estava internado na Santa Casa de Jaú desde 26 de julho, quando sofreu acidente de moto na Rua Edgard Ferraz, Jd. Maria Luiza, ocasião em que colidiu com um poste. Gravemente ferido, passou por cirurgias, mas não resistiu e teve morte encefálica confirmada na 5ª feira (13). Duda era casado com Bernadete Tinoco da Silva Abussamra. (Com informações do HoraH)

Continue lendo

Facebook

Matérias recentes

Mais lidas

Folha Um - Todos os direitos reservados.