Conecte-se conosco

TOMAS ANGELOTTI

Os verdadeiros valores do Natal

Há exatos três anos eu desenvolvi uma atividade reflexiva entre os alunos da escola na qual eu atuava, e a mesma consistia em resgatar os verdadeiros valores das pessoas nessa época do ano tão marcada pela agitação das compras e o desejo do “presente”. Agora estamos aqui novamente vivenciando o clima natalino: luzes, enfeites, presentes, mesa farta, festas e o Papai Noel.

Atualmente, o Natal é um grande evento e, assim como outras festas religiosas tradicionais, cada vez mais se distancia do seu verdadeiro significado. O que se vê é o materialismo e o consumismo ocupando cada vez mais o sentimento verdadeiro de acolhida, fraternidade, solidariedade e partilha do pão…

O Natal deveria nos fazer tudo o que a sociedade de hoje está carente: de tolerância, de amor recíproco, de valores familiares, de
respeito, do espírito de coletividade e fraternidade no ambiente de trabalho. Devemos deixar de lado os sentimentos de mágoa, raiva, tristeza e vingança, para que esses não venham contaminar o nosso interior, nos deixando amargos e infelizes nessa passagem tão curta chamada de “vida”.

É chegada a hora de, munidos dos melhores sentimentos, expressarmos nossa gratidão, pedirmos perdão, firmarmos propósitos e sonharmos com um ano novo cheio de esperança e confiança no bem. Cultivar e espalhar alegria é dever de cada um de nós, pois tudo aquilo que se oferece de bom aos outros acaba retornando de forma virtuosa, como acalento em nossas vidas, vamos valorizar, sim, o “sermos melhores”, ao invés de “termos melhores”.

Os objetos materiais que são disputados e desejados devem ter o seu espaço apropriado dentro de nossas vidas, sendo assim o espaço que apenas serve para nos auxiliar no dia a dia, ao invés de completar a vida de muitos que o desejam incessantemente; só assim iremos ressignificar as nossas vidas e promover aquilo que realmente tem valor na nossa trajetória.

___________________________

Tomas Ap. Angelotti é professor de Ciências Humanas

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Folha Um - Todos os direitos reservados.