Conecte-se conosco

JAÚ

‘Eletivas’ causam discussão na primeira sessão do ano

A novela que envolve a realização de cirurgias eletivas em Jaú causou discussões na Câmara logo na primeira sessão do ano. O motivo foi um requerimento apresentado pelo vereador Toninho Masson (MDB) que pede ao Prefeito para que destine R$ 1,5 milhão para a realização de cirurgias ortopédicas.

O vereador Tito Coló (PSDB) foi o primeiro a criticar o documento. Ele é autor de uma emenda que previa a aplicação de R$ 1 milhão para a realização de cirurgias eletivas em 2016, mas que não saiu do papel por conta de recursos da Prefeitura. Como a Administração Municipal não aplicou esse dinheiro, Coló recorreu ao Ministério Público, que corrigiu o valor e pediu para que a Prefeitura aplicasse quase R$ 1,5 milhão na realização de cirurgias neste ano de 2020. A sentença ainda não foi assinada pela juíza.

Na tribuna, Tito Coló afirmou que Masson estaria tentando fazer com que essa verba fosse aplicada na realização de cirurgias ortopédicas. “Será que o senhor está pensando naquele um milhão e meio [de reais] que está na Justiça e o Prefeito pediu para calçar esse requerimento? Eu quero acreditar que não”, bradou Coló, destacando, ainda, que vereadores da situação têm apresentado requerimentos já sabendo que os pedidos seriam realizados para que fiquem com as glórias do feito. “Esse dinheiro vai sair, mas não por conta do requerimento. E eu alerto a população para que não caia nessa conversa”, falou.

O vereador da oposição lembrou que em 2017 o emedebista também apresentou um requerimento pedindo para que o Prefeito investisse na realização de cirurgias. “Agora vem fazer esse requerimento como foi feito em 2017 e todo mundo assinou. Por que agora ninguém assinou? Porque sabiam da fajutice! Eu não posso me prestar a aceitar isso”, denunciou Tito.

Pesa contra Masson o fato de ele ter sido um dos 11 vereadores que votaram contra as emendas voltadas para realização de cirurgias eletivas no ano passado. “Essa casa teve a oportunidade de aprovar as emendas impositivas no orçamento, mas a base votou contra”, relembrou Tito.

Após as críticas, Toninho foi até a tribuna para defender o requerimento. “Por que não usar o dinheiro que está no orçamento, que já é da Saúde, para a realização de cirurgias? O dinheiro que eu estou falando não é o mesmo da emenda que está na Justiça”, explicou Masson.

Masson ainda disse que fez o requerimento após buscar informações junto à Santa Casa. “São aproximadamente 600 pessoas na fila aguardando uma cirurgia ortopédica, não dá para esperar mais. Esse R$ 1,5 milhão é para começar, e eu peço ao Prefeito para que comece de imediato”, disse.

Já o vereador Dr. Segura (PTB) destacou que não adianta destinar verba para a realização de cirurgias ortopédicas se não conversarem com os médicos ortopedistas da cidade. “Não é por falta de dinheiro que as cirurgias não são feitas. As cirurgias ortopédicas não saem porque não se conversa com os cirurgiões”, afirmou. Ainda segundo ele, o provedor da Santa Casa deveria agir para que essas cirurgias fossem feitas. “O provedor tem que bater o pé, ver quantos ortopedistas atendem e separar igualmente o número de procedimentos a serem feitos. A cirurgia não sai porque o médico não quer fazer, e ele não é obrigado a fazer. Por isso a direção da Santa Casa tem que pedir”, completa.

JAÚ

Santa Casa de Jahu ganha mais 10 leitos de UTI contra Covid-19

Foto: Luiz Carlos de Oliveira/ Comunicação Santa Casa Jahu

Começaram a funcionar nesta segunda-feira, 22 de junho, os dez novos leitos de UTI da Santa Casa de Jahu. Os leitos SUS são destinados exclusivamente a casos de pacientes com suspeita ou confirmação da Covid-19.

A autorização, dada pelo Ministério da Saúde, foi publicada no Diário Oficial da União na última segunda-feira (15). Ela tem validade de 90 dias, podendo ser prorrogada, conforme o estágio da doença.

As vagas serão preenchidas pela Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde (Cross) e são voltadas para pacientes de Jahu e região.

Com a habilitação, a Santa Casa passa a contar com 28 leitos de UTI Covid. Além dos 10 credenciados, existem outros 10 destinados à população de Jahu (convênio firmado com a Prefeitura) e mais oito para pacientes de Planos de Saúde.

Continue lendo

JAÚ

Hemonúcleo e OAB-Jaú realizam campanha de doação de sangue

Ação ocorre nos dias 23 e 25 de junho na Casa do Advogado; profissionais podem agendar diretamente na OAB

O Hemonúcleo Regional de Jaú participa nos dias 23 e 25 de junho de campanha de doação de sangue promovida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Jaú. O evento será na Casa do Advogado, a partir das 16 horas.

A advogada e diretora secretária-geral da OAB-Jaú, Bruna Gimenes Christianini de Abreu Pinho, conta que a ação foi organizada após o colega Cristiano Madella Tavares manifestar a vontade de ajudar. A partir disso, a OAB entrou em contato com os profissionais cadastrados de toda a região. “Conseguimos mais de 100 inscritos para doação. Sabemos que a unidade está sempre precisando, ainda mais agora em tempos de pandemia.”

Os estoques de sangue e plaquetas tendem a cair nos meses mais frios, quando há maior incidência de pessoas com infecções virais, o que impossibilita a doação. Neste ano, a situação é ainda mais grave por conta da pandemia do Coronavírus (COVID-19).  O coordenador do Hemonúcleo, Marcos Mauad, lembra que a unidade atende outros dez hospitais da região e as bolsas de sangue são usadas para diferentes tratamentos como cirrose, anemia aguda, leucemia, em vítimas de acidentes de trânsito ou pessoas submetidas a grandes cirurgias. “Neste sentido, temos que ter esse material pronto na geladeira para uso. Não pode faltar”, destaca.

De acordo com a advogada, a ideia é que a campanha continue nos próximos anos. “Queremos ajudar a salvar vidas, demonstrar empatia aos que estão em situação de vulnerabilidade em tempos de pandemia”, completa Bruna.

Assim como as doações no Hemonúcleo, é necessário agendar a doação para a campanha. Os advogados que quiserem participar e que ainda não se inscreveram podem entrar em contato com a OAB pelo telefone (14) 3626-5135.

SERVIÇO
Campanha de Doação de Sangue OAB Jaú
Dias 23 e 25 de junho, a partir das 16h
Telefone para agendamento: (14) 3626-5135
Casa do Advogado de Jaú (Av. Rodolpho Magnani, 295, Chácara Peccioli)

Continue lendo

JAÚ

Jaú já soma 343 casos confirmados de coronavírus

Nas últimas 24 horas, foram confirmados cinco novos casos de coronavírus em Jaú, além de 70 novos suspeitos, seis curados e 17 casos descartados de ontem para hoje. No total, já são 343 casos confirmados da doença na cidade, dos quais, dez resultaram em mortes.

 

Continue lendo

Mais lidas

Folha Um - Todos os direitos reservados.