Conecte-se conosco

NACIONAL

Covid-19: Brasil chega a 1,1 milhão de casos e 51,2 mil mortes

Até o momento, 571.649 pacientes foram recuperados

 

O Brasil teve 654 novas mortes por covid-19 registradas nas últimas 24h, de acordo com atualização do Ministério da Saúde divulgada hoje (22). Com esse acréscimo às estatísticas, o país chegou a 51.217 óbitos em função da pandemia do novo coronavírus.

A atualização diária traz um aumento de 1,1% no número de óbitos em relação a ontem(21), quando o total estava em 50.617.

O balanço também teve 21.432 novos casos registrados, totalizando 1.106.470. O acréscimo de pessoas infectadas marcou uma variação de 1,9% sobre o número de ontem, quando os dados do ministério registravam 1,085 milhão de pessoas infectadas.

Do total, 483.550 pacientes estão em observação, 571.649 foram recuperados e 3.912 mortes estão em investigação.

Os estados com maior número de óbitos são São Paulo (12.634), Rio de Janeiro (8.933), Ceará (5.604), Pará (4.605) e Pernambuco (4.252). Também apresentam altos índices de vítimas da pandemia os estados do Amazonas (2.671), Maranhão (1.760), Bahia (1.441), Espírito Santo (1.362), Alagoas (903) e Paraíba (784).

Os estados com mais casos confirmados da doença são São Paulo (221.973), Rio de Janeiro (97.572), Ceará (94.158), Pará (86.020) e Maranhão (70.689). (AGÊNCIA BRASIL)

 

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NACIONAL

Receita abre nesta terça consulta a segundo lote de restituição de IR

Foto Divulgação: Marcelo Casal Jr / Agência Brasil

O pagamento será dia 30 de junho

A Receita Federal abre amanhã (23), às 9h, consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2020. Mais de 3,3 milhões de contribuintes receberão R$ 5,7 bilhões no lote de maior valor já registrado. O pagamento será dia 30 de junho.

Desse valor total, R$ 3,977 bilhões são para contribuintes com direito a prioridade no recebimento: 54.047 contribuintes acima de 80 anos; 1.186.406 contribuintes entre 60 e 79 anos; 89.068 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave; e 937.234 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. Foram contemplados ainda mais de 1 milhão de contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 4 de março.

O pagamento será realizado no dia 30 de junho, data de encerramento do período de entrega das Declarações do Imposto de Renda das Pessoas Físicas/2020. Neste ano, os lotes foram reduzidos de sete para cinco com pagamento iniciando antes mesmo do fim do prazo de entrega. O primeiro lote foi pago em 29 de maio.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na Internet. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Volume de declarações

Até as 11h de hoje (22) 21.624.160 declarações do IRPF/2020 foram recebidas pelos sistemas da Receita Federal. Para esse ano são esperados 32 milhões de documentos.

A Receita alerta para que os contribuintes não deixem a entrega para última hora. Se perderem o prazo, estarão sujeitos ao pagamento de uma multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido. (AGÊNCIA BRASIL)

Continue lendo

ECONOMIA

Detran passa a utilizar novas placas nessa sexta

Placas padrão Mercosul entram em vigor (Foto: Reprodução/Detran)

As placas veiculares com o padrão do Mercosul passam a ser obrigatórias para todos os novos veículos a partir dessa sexta, 31. Veículos que já circulam podem continuar utilizando a placa de padrão cinza, que tem validade por tempo indeterminado, mas os motoristas podem optar pela troca para os novos modelos.

De acordo com o Detran, os valores de referência para o par das novas placas é de R$ 138. A placa avulsa ou de moto,  custará R$ 114. O novo emplacamento também será obrigatório para veículos que forem transferidos de município ou de Estado.

Continue lendo

NACIONAL

Jovens já podem se alistar

Nascidos em 2002 tem até 30 de junho para se alistar (Foto: Reprodução/Governo de São Paulo)

Jovens que completam 18 anos em 2020, ou seja, nascidos em 2002, já podem realizar o alistamento militar obrigatório. De acordo com estimativas do Governo Federal, mais de um milhão de adolescentes devem se alistar.

Para agilizar o processo, que segue até o dia 30 de junho, o Ministério da Defesa aprimorou a ferramenta de alistamento militar online. Para executar o procedimento, basta acessar o site www.alistamento.eb.mil.br com o número do CPF e preencher o formulário para validação dos dados pessoais. O serviço também pode ser realizado pessoalmente na Junta de Serviço Militar. Para isso é necessário levar certidão de nascimento ou carteira de identidade ou de motorista e o comprovante de residência.

Em todo Brasil, 90 mil jovens devem ser incorporados às Forças Armadas, sendo 3 mil para a Marinha, 7 mil para a Aeronáutica e 80 mil para o Exército.

Continue lendo

Mais lidas

Folha Um - Todos os direitos reservados.