Conecte-se conosco

JAÚ

Corpo de secretário será cremado em Bauru

Corpo de Duda Abussamra será cremado em Bauru / Foto: Reprodução Facebook

O corpo do secretário do Meio-Ambiente da Prefeitura de Jaú, Elísio Eduardo Henriques Abussamra, o Duda, será cremado nesta 6ª feira (14), em Bauru. O velório seguiu até a manhã de hoje  no Serviço de Luto Paulista, Av. Frederico Ozanan, e dalí seguiu para o Crematório Jardim dos Lírios em Bauru. No local, segundo informação do serviço, o corpo aguarda 48 h e só depois é cremado; a cerimônia de despedida dos familiares foi feita em Jaú e não haverá cerimônia no crematório.

Duda tinha 53 anos e estava internado na Santa Casa de Jaú desde 26 de julho, quando sofreu acidente de moto na Rua Edgard Ferraz, Jd. Maria Luiza, ocasião em que colidiu com um poste. Gravemente ferido, passou por cirurgias, mas não resistiu e teve morte encefálica confirmada na 5ª feira (13). Duda era casado com Bernadete Tinoco da Silva Abussamra. (Com informações do HoraH)

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EDUCAÇÃO

Escolas de Jaú continuarão sem aulas presenciais por tempo indeterminado

Foto: Arquivo

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Educação, informa que não irá retomar as atividades escolares presenciais no próximo dia 08 de setembro (terça-feira). A decisão foi tomada de acordo com as informações e orientações técnicas, científicas e médicas da Secretaria de Saúde do município, objetivando zelar e garantir pela saúde, segurança e vida dos alunos, familiares, professores, funcionários e comunidade escolar em geral. É o que diz o comunicado da Prefeitura, enviado por email nesta quarta-feira.

A Secretaria de Educação entende que “o momento ainda é de cautela e inspira cuidados, para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), pois a reabertura das escolas, ainda que parcialmente, aumentaria o fluxo de circulação de pessoas expostas à contaminação, além de provocar possíveis aglomerações em horários de pico da mobilidade urbana”.

“Vale ressaltar – segundo o comunicado –  que existe uma preocupação com a saúde dos alunos e seus familiares pois, como comprovado por estudos, as crianças são propagadoras do Coronavírus e na maior parte das vezes são assintomáticas. Além disso, existe uma grande parcela de alunos que moram com os avós. Estamos em momento de estabilização dos casos na cidade portanto é prematuro pensar na volta neste momento. Esclarecemos que a manutenção da suspensão das atividades escolares presenciais é válida para as redes de ensino municipal, estadual e particular, ou seja, nenhuma escola poderá retornar a atender alunos neste momento”.

Ainda de acordo com referida Secretaria, “o governo estadual autorizou a reabertura parcial das escolas, com atividades de reforço pedagógico e acolhimento dos alunos, no entanto ressaltamos que o município possui autonomia para legislar sobre o assunto, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal proferida em abril deste ano. Embora esteja dentro dos requisitos exigidos pelo governo estadual para o atendimento de um percentual de alunos nas escolas, o município enfatiza que adotará medidas de retorno às aulas presenciais apenas quando houver uma diminuição consistente dos casos de Covid-19 na população jauense”.

Continue lendo

JAÚ

Federici perde o Podemos e partido vai para o grupo do Dr. Paulo. Eliana é a presidente.

Eliana Chiode - Foto: Divulgação

Acaba de ser publicada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a nova nominata do PODEMOS em Jaú, provocando mais uma reviravolta na política jauense e em pleno período de convenções partidárias.

O partido, que desde julho do ano passado era comandado pelo advogado Luis Vicente Federici, e que incorporou o PHS, partido que àquela época era presidido pelo médico e também pré-candidato Dr. Paulo de Tarso, agora retorna ao grupo do médico, sob o comando da mulher dele, Eliana Chiode. Caberá à Eliana, juntamente com os demais membros da nova Executiva, conduzir as convenções do Podemos em Jaú, que devem acontecer até o próximo dia 16 de setembro, em data ainda a ser definida.

A nova nominata, com vigência até o fim do ano que vem, é um banho de água fria para o grupo ligado ao prefeito Rafael Agostini (PSB), uma vez que Luis Vicente Federici é amigo pessoal do atual prefeito. A destituição do advogado e a nomeação da esposa do Dr. Paulo de Tarso acontece uma semana após Federici anunciar nas redes sociais a desistência de sua candidatura a prefeito de Jaú. Com sua desistência, a Executiva Nacional teria entendido que houve rompimento de acordo feito ano passado, em que o grupo ligado ao prefeito Rafael Agostini se comprometeu perante à presidente nacional do Podemos, Renata Abreu, e o presidente estadual, Mário Covas Neto, a lançar candidatura própria nas eleições de novembro.

Outra preocupação do grupo de Agostini é quanto ao futuro dos atuais parlamentares jauenses da legenda. Na janela partidária de abril, o vereador Wagner Brasil de Barros deixou o PROS e passou para o Podemos, que já contava com o vereador Guto Machado. Este, já havia anunciado que não seria mais candidato a vereador este ano, ao passo que Wagner Brasil dava sua candidatura à Câmara como certa. Agora, Brasil vê sua campanha ameaçada, o mesmo acontecendo com outros pré-candidatos que o Podemos teria.

Compõem a nova diretoria executiva do Podemos-Jaú:

Presidente – Eliana Célia Bergamaschi Chiode

Vice-presidente – Giovanni Humberto Filippi

Secretário-Geral – Luciana Cristina Granai Gonçalves

Tesoureiro – Antonio Donizeti Munhoz

Primeiro Vogal – Domingos Roberto Zani Poyo

 

Federici x Dr. Paulo

 

Em entrevista exclusiva ao jornal Folha Um do dia 14 de novembro/2019, Federici, então presidente do Podemos, informou que “estava disposto a dialogar com Dr. Paulo de Tarso e, inclusive, aceitar a candidatura dele a vereador pelo Podemos”. Federici também foi taxativo ao declarar que ele, Federici, era o “possível candidato a prefeito pelo Podemos, e que Dr. Paulo estava convidado a apoiá-lo”.

Já, Dr. Paulo, também em entrevista exclusiva ao Folha Um ano passado, afirmou que “não guardava qualquer relação de afinidade com a diretoria municipal”, então presidida por Federici. Na “queda de braço”, o grupo ligado ao atual prefeito, Rafael Agostini, levou a pior.

Continue lendo

JAÚ

Programa “Apolônias do Bem” é concluído em Jaú

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres e Centro de Referência e Atenção à Mulher (Casa Rosa) “Dra. Maria Antonia Sinatura Barros”, concluiu o Programa “Apolônias do Bem”, que oferece tratamento odontológico integral e gratuito à mulheres que vivenciaram situações de violência e tiveram a dentição afetada durante as agressões.

“Esse não é um projeto sazonal, é uma Política Pública que foi implantada em Jahu, tratando da autoestima por meio da restauração do sorriso das participantes, contribuindo, assim, para que elas se sintam melhores e tenham melhores oportunidades no mercado de trabalho. Enfim, esse é um projeto que vejo agregar ainda mais ao plano de empoderamento feminino desenvolvido pela nossa pasta”, pontua a secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Cândida Ferreira.

O Programa “Apolônias do Bem” é desenvolvido desde 2012 pela “Turma do Bem (TdB)”, e já garantiu atendimento a 600 mulheres de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. A triagem é realizada pela equipe da TdB, por casas de apoio ou organizações sociais, como a Casa Rosa, Tribunais de Justiça ou Comissões Especializadas dos Tribunais. São priorizadas as mulheres com problemas odontológicos mais graves e OHIP mais alto, que sustentam a família e retomaram os estudos ou estão fazendo cursos de capacitação profissional. Os tratamentos são oferecidos por meio de uma rede de dentistas voluntários, que realizam todos os procedimentos que as mulheres necessitarem, independentemente da complexidade apresentada.

Em Jahu, a parceira da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres e do Centro de Referência e Atenção à Mulher (Casa Rosa) “Dra. Maria Antonia Sinatura Barros” foi a dentista Fernanda Esteves. Formada na UNESP de Araçatuba em 2014, a dentista trabalhou em São Paulo, Sorocaba e Limeira antes de empreender em sua cidade natal (Jahu) em 2016. Participou de vários cursos de atualizações e congressos odontológicos, pois acredita que é necessário estar totalmente por dentro dos mais modernos estudos e evidências para oferecer o melhor para seus pacientes e amigos. “Resolvi participar do voluntariado quando recebi a proposta da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres e da Casa Rosa no projeto “Apolônias do Bem”. A história de cada uma das mulheres era marcada por muitos sofrimentos e  necessidade de uma mudança de vida. Todas relataram que a falta dos dentes era um fator limitante na felicidade e bem-estar social”, diz Fernanda.

O projeto transformou a vida das participantes. “Três mulheres foram selecionadas, e em cada uma foi feita a devolução do seu sorriso e a notável melhora na forma como elas lidaram com a busca por emprego. Todas chegaram a se emocionar ao ver o sorriso novo em seus rostos. Foi gratificante demais. Agradeço a oportunidade de poder devolver para a sociedade um pouco do que há de mais lindo no ser humano: o sorriso”, acrescenta a dentista.

“Uma ótima parceria, pois me deu uma grande autoestima, me deu forças para não desistir, pois nunca é tarde”, afirma Monica Michele Verissimo, uma das participantes do “Apolônias do Bem” em Jahu.

 

“Em minha opinião, foi uma ótima parceria, pois desenvolveu minha autoestima e me deu forças para passar por certas situações, pois a aparência é tudo. Só tenho a agradecer a todos que participaram, em especial à Casa Rosa, à “Apolônias do Bem” e à doutora Fernanda Esteves. Todos me deram muita segurança. Obrigada a todos”, agradece Ana Keila Casale, que também participou do programa.

Continue lendo

Mais lidas

Folha Um - Todos os direitos reservados.