Conecte-se conosco

POLÍCIA

4 são presos com 50 kg de maconha e 100 gramas de skank

Imagem ilustrativa

Dois homens (de 36 e de 23 anos) e duas mulheres (de 19 anos e de 23 anos) foram presos em flagrante por volta das 19h30 do domingo (12), no quilômetro 234 (mais 200 metros), da rodovia Dona Leonor Mendes de Barros (SP-333), em Pongaí, SP. Eles foram pegos com 57 tabletes de maconha e quatro porções de Skank.

A droga estava num Toyota/Corolla, de cor preta, da cidade de Bela Vista (MS) e foi localizada e apreendida durante vistoria do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR). Os 57 tabletes de maconha totalizaram 49,529 Kg e as quatro porções de skank (espécie de “supermaconha”, com maior propriedade entorpecente) tinha peso de 0,107Kg. A droga estava no fundo falso do encosto do banco do passageiro traseiro.

Os meliantes foram encaminhados, assim como toda a droga, para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) da cidade de Lins e vão permanecer detidos até a audiência de custódia nesta segunda-feira (13).

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Confusão envolvendo prefeita termina na delegacia

A prefeita de Vera Cruz, Renata Devito (PSDB), se viu envolvida em uma confusão com um policial civil na última sexta (14), em São Roque.

A prefeita, que voltava de viagem a São Paulo dirigindo um veículo oficial da Prefeitura de Vera Cruz, foi abordada pelo policial à paisana em um centro de compras às margens da rodovia Castello Branco (SP-280). O policial achou que a prefeita estava usando o carro oficial a passeio.

Em nota, a prefeita informou que havia parado no local com sua equipe para almoçar. Ela diz ainda que foi ameaçada com arma de fogo e que o subprocurador de Vera Cruz, que a acompanhava, foi agredido.

A Polícia Rodoviária foi acionada e o policial civil envolvido na história foi detido por lesão corporal e dano ao patrimônio, uma vez que o mesmo danificou o veículo que transportava a prefeita. A Secretaria de Segurança Pública do Estado informou que o policial pagou fiança e foi liberado.

O caso segue sendo apurado pela Corregedoria da Polícia Civil.

Continue lendo

POLÍCIA

Polícia Civil esclarece morte do taxista Antônio Moura

Taxista Antônio Moura foi morto no último dia 21 (Foto: Reprodução/Internet)

A Polícia Civil prendeu hoje o casal suspeito do latrocínio do taxista de Bocaina Antônio Moura. Equipes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) cumpriram mandados de prisão temporária contra T.V.D.P de 31 anos, e de G.D.S.A de 29 anos, companheira do primeiro suspeito. O veículo Hyundai HB20 de cor preta, que pertencia ao taxista, foi apreendido com o casal. Participaram da operação policiais de Bocaina e de Mococa, cidade onde o veículo foi encontrado.
De acordo com a Polícia, o casal orquestrou o crime com a intenção de roubar o veículo da vítima, uma vez que contrataram uma viagem da cidade de Bocaina a Bariri, na noite do dia 21 de janeiro, mas não conseguiu executar o plano durante o percurso. Quando voltaram para Bocaina, num local afastado, a mulher estrangulou o taxista utilizando uma corda enquanto o homem o segurava.
A dupla jogou o corpo da vítima no rio Jacaré Pepira, onde um cadáver em avançado estado de decomposição foi encontrado apenas no dia 03 de fevereiro. Familiares reconheceram o corpo de Antônio pelas características visuais, mas o resultado do exame de DNA ainda não está pronto.
O casal foi conduzido até a Delegacia de Investigações Gerais de Jaú para oitivas e demais diligências. O veículo da vítima também foi conduzido até a CPJ para os necessários exames periciais, sendo que as placas do mesmo se encontravam no porta-malas, onde foram deixadas pelo próprio casal

Continue lendo

JAÚ

Adolescente é apreendido com drogas

Menor é apreendido em Jaú (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

Um adolescente de 15 anos foi detido pela Polícia Civil na tarde de hoje no Jardim São Crispim em Jaú.

Equipes da DISE abordaram o jovem, que já era investigado, na praça do bairro onde o mesmo comercializava os entorpecentes.

O garoto foi acompanhado pelos policiais até a residência onde vive. Com autorização dos pais foi efetuada busca no imóvel com apoio do cão farejador Lucky. Foram encontrados dois tijolos de maconha com peso de 400g.

O menor foi conduzido até a Central de Polícia Judiciária onde foi apreendido por ato infracional análogo ao tráfico de drogas.

Continue lendo

Mais lidas

Folha Um - Todos os direitos reservados.